O LADRAR DO MERDOCK

Clicar na imagem de Algarve Ontem
(em cima)


Não se assustem com o ladrar do Merdock.
Ele só embirra com polícias, guardas fiscais,
guardas republicanos e outras fardas!...



sexta-feira, 2 de abril de 2010

DEPOIMENTOS (1)


Efeméride da Libertação do Merdock

18 de Fevereiro de 1954

A propósito da efeméride dos 53 anos da manifestação que concedeu liberdade ao Merdock, recordo um diálogo que presenciei durante um almoço de confraternização entre antigos alunos do Liceu de Faro.
Sendo ambos sexagenários, com aparente jovialidade, questionava um deles:
"Para te localizar no tempo, dá-me uma referência de amigos ou colegas mais conhecidos"
Ao que o outro, de memória ainda viva, começou a citar nomes que, visivelmente, não teriam relevância ou significado temporal.
"Oh pá!! Simplifica as coisas! Saíste do liceu, antes ou depois do Merdock?"
E, com entusiasmo, ainda acrescentou:
"É que eu estava lá e participei na manif"...
Foi então nesta fase do diálogo que eu despertei para uma realidade, vibrante e consistente:
Muitos dos estudantes que participaram naquele movimento, e eram algumas centenas de rapazes e raparigas, ao descerem a avenida em direcção à baixa citadina, empunhando alguns cartazes alusivos ao Merdock, também queriam demonstrar a sua ânsia de liberdade.
Surgiu uma referência temporal para os antigos alunos do Liceu de Faro: A "Era do Merdock".
Fiquei a saber que tudo pode ser relativizado e que cada um pode adoptar a simbologia que lhe parece mais interessante.

Depoimento enviado por DL
Enviar um comentário
Merdock era um cão singular
e deu origem, em Faro,
a uma extraordinária
manifestação de solidariedade
que culminou na sua libertação.
Aqui se relembram
os factos e as personagens
envolvidas.
Veja também o meu blog de poesia