(clicar na imagem) ALGARVE ONTEM

(clicar na imagem) ALGARVE ONTEM
videopoema sobre o Algarve de Ontem e notas etnográficas sobre as actividades da época

O LADRAR DO MERDOCK

Clicar na imagem de Algarve Ontem
(em cima)


Não se assustem com o ladrar do Merdock.
Ele só embirra com polícias, guardas fiscais,
guardas republicanos e outras fardas!...



sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

A SEPARAÇÃO DOS SEXOS

.
Nos anos do Merdock, as alunas e os alunos do Liceu de Faro estavam sujeitos a grandes restrições, no que respeita ao convívio entre os dois sexos e ao escalão etário. A área reservada ao recreio estava dividida em três partes: uma para os moços mais novos, outra para os mais velhos e, a parte central, às alunas. Havia possibilidade dalguma comunicação visual, mas era estritamente proibido entrar em conversação uns com os outros. Não era permitido sequer, ficar a olhar por uns triângulos abertos, por onde se podia ver o espaço interior!
Até ao 5º ano, havia turmas só para rapazes e turmas só para raparigas.
No entanto, devido ao reduzido número de matriculados em certas áreas, nas turmas do 6º e 7º anos, era forçoso haver turmas mistas.
Fora do Liceu, era também expressamente proibido alunos e alunas andarem juntos em todo o perímetro que vai desse estabelecimento de ensino até ao fim da rua de Stº António!
Nem ao filho e à filha do Reitor, isso era permitido.
As penas eram pesadas: geralmente uma suspensão de uma semana.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

AS CORES DO POEMA

Quadros duma exposição
e lançamento de livro "As Cores do Poema"
Artebúrger - Praia da Luz

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Merdock era um cão singular
e deu origem, em Faro,
a uma extraordinária
manifestação de solidariedade
que culminou na sua libertação.
Aqui se relembram
os factos e as personagens
envolvidas.
Veja também o meu blog de poesia