O LADRAR DO MERDOCK

Clicar na imagem de Algarve Ontem
(em cima)


Não se assustem com o ladrar do Merdock.
Ele só embirra com polícias, guardas fiscais,
guardas republicanos e outras fardas!...



sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

EFEMÉRIDE

Era uma Terça-Feira. Há 54 anos. O Merdock, como qualquer aluno assíduo, aparecia todos os dias, no Liceu. Mas nesse dia, ninguém o viu. Que acontecera? Porventura ter-se-ia perdido de amores por alguma gentil cadelinha… e lá fora, sabe-se lá para onde... – aventavam os mais imaginativos. Só no outro dia, ao cair da tarde, se soube (por uns miúdos que moravam perto da Igreja do Carmo), que o Merdock fora catrafilado pelos agentes da Câmara, por não ter coleira, nem pagar impostos.
Enviar um comentário
Merdock era um cão singular
e deu origem, em Faro,
a uma extraordinária
manifestação de solidariedade
que culminou na sua libertação.
Aqui se relembram
os factos e as personagens
envolvidas.
Veja também o meu blog de poesia