(clicar na imagem) ALGARVE ONTEM

(clicar na imagem) ALGARVE ONTEM
videopoema sobre o Algarve de Ontem e notas etnográficas sobre as actividades da época

O LADRAR DO MERDOCK

Clicar na imagem de Algarve Ontem
(em cima)


Não se assustem com o ladrar do Merdock.
Ele só embirra com polícias, guardas fiscais,
guardas republicanos e outras fardas!...



domingo, 15 de abril de 2007

A ERA MERDOCK

.
Tenho acompanhado com muito interesse a evolução dos depoimentos, comentários e dicas que têm aparecido no Blog "Merdock".
As narrativas sucedem-se e, por vezes, uma palavra, uma data, um nome, um acto, espoleta uma outra narrativa que, a propósito, nos vem à memória.
Agradeço que façam chegar ao excelente coordenador deste Blog esta pequena participação. Só não a introduzi directamente (não é que não saiba e, também ainda não me esqueci) só para não perturbar o "timing" e/ou a "precedência", face a outras soberbas contribuições que já estão a surgir, com regularidade.
Soma e segue.
- Naquele tempo (Era do Merdock, e não eram só os estudantes que gostavam de namorar), até havia um professor namoradeiro, que preferia ver-se rodeado por meninas do que por insubordinados.
De seu nome Eudoro, dava aulas de Religião e tinha a virtude de transmitir boa disposição, para além da Moral que nos pregava (qual Frei Tomás em versão de modernidade).
Um dia, a um aluno do tipo impertinente, o senhor respondeu:
"Não me confundas com essa estória das eras" e mais acrescentou, com ar sério.
- A Cristo o que é de Cristo. Ao Merdock, o que é do Merdock.
Julgo que esta dica foi registada, por alguns dos presentes, e passou à história para contar aos nossos netos no estilo:
Era uma vez um cão....

Palma Moreira
Enviar um comentário
Merdock era um cão singular
e deu origem, em Faro,
a uma extraordinária
manifestação de solidariedade
que culminou na sua libertação.
Aqui se relembram
os factos e as personagens
envolvidas.
Veja também o meu blog de poesia