O LADRAR DO MERDOCK

Clicar na imagem de Algarve Ontem
(em cima)


Não se assustem com o ladrar do Merdock.
Ele só embirra com polícias, guardas fiscais,
guardas republicanos e outras fardas!...



domingo, 27 de maio de 2007

OS NOMES E OS NÚMEROS

.
Clique para aumentar



A subscrição em favor do Merdock encheu três páginas de folhas de papel de 35 linhas mas, infelizmente, a última perdeu-se para sempre.
Delas constam os nomes (ou as assinaturas) daqueles que aderiram à iniciativa, e os respectivos óbulos.
De notar que todos os nomes eram de alunos, havendo apenas um professor, o Dr. Fortes, de Ginástica, e um nome de alguém que nada tinha a ver com o Liceu: o sr. Marmota, encarregado das instalações da sede da Mocidade Portuguesa, na cidade de Faro!
No entanto, creio que pelo menos o Dr. Magalhães e o Dr. Agostinho aderiram à iniciativa. Provavelmente, os seus nomes constavam da terceira folha, que não chegou aos nossos dias. Seria interessante saber. Tanto mais que o assunto terá sido discutido na sala dos professores, entre os que apoiavam a ideia e os que rejeitavam.
Alguns professores do Liceu eram associados do Círculo Cultural do Algarve, sedeado em Faro e, bem se sabe que muitos deles eram fervorosos opositores ao Regime. Outros, pelo contrário, eram salazaristas ou, mesmo, filiados na União Nacional.
Enviar um comentário
Merdock era um cão singular
e deu origem, em Faro,
a uma extraordinária
manifestação de solidariedade
que culminou na sua libertação.
Aqui se relembram
os factos e as personagens
envolvidas.
Veja também o meu blog de poesia